OptiClass

Cuide da saúde dos olhos das crianças


Muitos pais se perguntam em qual idade levar os filhos pela primeira vez ao oftalmologista. Mas mais importante que saber a época correta é observar quais sinais as crianças dão em relação à visão. Para o médico oftalmologista do Instituto Médico Oftalmológico Foz do Iguaçu (IMOF), Renato Tolazzi, os pais devem ficar atentos a qualquer dificuldade da criança em enxergar, e toda orientação de um especialista é bem vinda.
 

“Não há uma idade específica para a primeira consulta, mas toda criança deve fazer uma avaliação oftalmológica. E os pais devem ficar atentos: crianças que assistem à TV muito de perto, que apertam ou arregalam aos olhos para ver melhor ou estão com o rendimento escolar abaixo do esperado podem estar exibindo sinais de que a visão precisa de um cuidado maior”, esclarece Tolazzi.
 

Outra observação importante é notar se a criança tem excesso de lágrimas. Isso não é normal, segundo o oftalmologista. “Isso pode acusar a obstrução do canal lacrimal como pode também denotar alterações mais graves, como o próprio glaucoma congênito. Portanto, se houver um lacrimejamento excessivo, é importante que os pais levem a criança a um oftalmologista com urgência”, lembra o especialista.
 

Embora não seja muito comum, doenças como cataratas podem se desenvolver nas crianças, e precisa ser avaliada precocemente. “A baixa de visão permanente estabelece danos irreversíveis em termos de recuperação visual”, explica Tolazzi.
 

Para crianças que nascem com um desvio de olhar, o conhecido estrabismo, o problema deve ser levado ao especialista o quanto antes. “Até os seis meses de idade é normal que a criança apresente alguns desvios, mas depois dessa idade pode ser um indicador de estrabismo. Então, quanto antes corrigido, melhor, para não prejudicar o desenvolvimento da visão”, resume o oftalmologista.
 

Sobre Renato Tolazzi

Renato Tolazzi é médico formado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), com especialização em Oftalmologia pelo Hospital de Olhos de Londrina (PR). Membro do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, Sociedade Brasileira de Oftalmologia, Sociedade Brasileira de Cirurgia Refrativa, Sociedade Brasileira de Catarata e Implantes Intraoculares e da Sociedade Brasileira de Lentes de Contato, Córnea e Refratometria.
 

Fonte: Paranashop

© 2014 OptiClass | Alameda Mamoré, 911 – Sala 605 – Alphaville Industrial – Barueri – SP – 06454-040 - Brasil | opticlass@opticlass.com.br | tel: + 55 11 4191-8021

by Salut!